TJPE vai realizar nomeações do concurso de 2007.

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Tribunal de Justiça de Pernambuco ,TJPE, vai nomear, no mês de julho, 300 servidores aprovados no último concurso promovido pela instituição no ano de 2007. As nomeações ocorrerão em dois grupos, o primeiro de 172 servidores e o segundo de 128, entre analistas e técnicos judiciários e oficiais de justiça.

O presidente do Tribunal, desembargador Jones Figueirêdo, assinou, no dia 5 deste mês, o ato de nomeação do primeiro grupo de 172 servidores. Desse total, 95 vagas são de técnicos judiciários; 55 são de analistas judiciários e 14, de oficiais de justiça, além de oito vagas destinadas a portadores de necessidades especiais.

A publicação do documento está prevista para o dia 2 de julho no Diário Oficial do Estado, convocando 109 servidores, entre analistas e técnicos judiciários, e 14 oficiais de justiça para comarcas de 2ª entrância (municípios do interior do Estado e da Região Metropolitana do Recife) e mais 49 servidores, entre analistas e técnicos, para a Capital (3ª entrância). Presenciaram a assinatura do ato de nomeação do primeiro grupo de servidores o assessor especial da Presidência, juiz Jorge Américo Pereira de Lira, a secretária de Gestão de Pessoas, Valéria Pragana, e o secretário adjunto de Gestão de Pessoas, João Carlos Gonçalves Cavalcanti.

A convocação do segundo grupo, de 128 servidores, ocorrerá no fim do mês de julho e será destinada preferencialmente às comarcas de 1ª entrância (nos municípios do interior). A partir da data de publicação dos atos de nomeação no Diário Oficial, os convocados terão 30 dias para tomarem posse.

Segundo o desembargador Jones Figueirêdo, as novas nomeações vão reforçar o quadro de servidores do Judiciário no interior pernambucano. “Estamos nomeando técnicos e analistas judiciários e oficiais de justiça. É um reforço que estamos dando às comarcas do interior”. Até o momento, já foram chamados mais de 1.700 aprovados desse último concurso realizado pela Fundação Carlos Chagas em maio de 2007.

Fonte :Ascom TJPE

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *