Pernambuco contará com 38 novas escolas integrais

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Educação pública de Pernambuco contará com 38 novas escolas integrais

Pernambuco vai contar em 2017 com 38 novas escolas integrais na Rede Estadual . O estado tem modelo pioneiro no país. Entre as premissas da escola em tempo integral estão a educação interdimensional e o protagonismo juvenil. Atualmente, o Estado conta com 335 escolas nesta modalidade, sendo 35 escolas técnicas estaduais. O anúncio das novas escolas aconteceu na manhã desta quinta-feira (29), na sede do Governo. Além de autoridades locais, gestores, professores e estudantes, estiveram presentes o secretário de Educação, Fred Amancio, o ministro da Educação, Mendonça Filho, e o governador Paulo Câmara.

Educação contará com novas escolas integrais
Educação contará com novas escolas integrais

 

 

 

Incentivos do MEC

Das 38 novas escolas, 36 são parceria com o Ministério da Educação (MEC), que apoiará as novas instituições através do Programa de Fomento à implementação da Escola em Tempo Integral, e duas serão convertidas em tempo integral com um horário alternativo: Escola Estadual de Paulista, em Paulista, e na Escola Brasilino José de Carvalho, em Igarassu. “A implantação dessas novas escolas irá aumentar em 7.800 vagas no Ensino Médio em tempo integral em 2017”, disse Fred. Já existe um piloto na Rede, rodando na Escola de Referência em Ensino Médio Pe Francisco Carneiro, em Olinda.

Expansão do ensino integral

De acordo com o secretário, encerrar o ano anunciando um projeto tão importante é uma vitória, levando em consideração o atual momento do país. “Expandir as escolas em tempo integral vai atender mais estudantes em áreas de grande demanda, além de ofertar outra opção de horário de aulas para estudantes que participem de programa de estágio ou trabalhem, como é o caso das escolas que irão possuir os horários alternativos”, completa. Fred disse ainda que a escolha das regiões que irão receber as novas escolas foi uma determinação do Governo do Estado. “Não houve privilégio de uma ou outra região. Todas as regiões – da metropolitana ao sertão – irão receber essas novas escolas”, afirmou.

Investimentos

O ministro da Educação disse que estar anunciando a implantação do ensino integral nessas escolas é trazer boas notícias para Pernambuco, sua casa. “Diante dessas iniciativas que anunciamos hoje, nós consagramos a liberação imediata de recursos no total de R$ 243 milhões de reais para a educação de Pernambuco, sendo a maior parte – cerca de R$ 80 mi – para implementar o ensino integral, uma política pública de sucesso que contribuiu nos resultados do IDEB, por exemplo, tirando Pernambuco de uma posição vergonhosa e o levando para o primeiro lugar”, enfatizou.

Tempo integral

“Com a implantação dessas novas escolas em tempo integral, e diante de todos os avanços que a educação do Estado vem apresentando, temos a certeza que estamos no caminho certo. Espero que possamos estar juntos no próximo ano para continuarmos essa caminhada de sucesso e de avanços para Pernambuco”, disse Paulo Câmara. Ainda de acordo com o governador, Pernambuco ainda precisa avançar na educação. “Sempre digo é muito bom ser primeiro lugar no IDEB, mas precisamos melhorar a média de 3,9 e elevar ainda mais a posição de sermos o melhor ensino médio público do país”, completou.

Site: http://www.educacao.pe.gov.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *