Enem 2017 com muitas novidades aos estudantes.

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Enem 2017 entre outras mudanças critérios de isenção da taxa de inscrição ficaram mais rígidos.

O Enem 2017 já teve suas regras definidas e o edital liberado. Para edição 2017 do Exame Nacional do Ensino Médio a taxa de inscrição ficou mais cara R$ 82,00 e mais rígida a concessão de isenção aos hipossuficientes. As inscrições deverão ser feitas das 10h do dia 8 de maio de 2017 e vão até as 23h59 de 19 do mesmo mês. O pagamento da taxa deve ser efetuado até 25 de maio.

Fique ligado nas novidades do Enem 2017
Fique ligado nas novidades do Enem 2017

Pedidos de isenção

Os pedidos de gratuidade para o Enem 2017, antes feitos por meio de uma declaração do candidato que se enquadrava na faixa de baixa renda familiar, agora devem obedecer a novos critérios de concessão. Esta é uma das novidades do edital publicado nesta segunda-feira, 10, no Diário Oficial da União, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), autarquia vinculada ao MEC. A isenção da taxa continua garantida aos concluintes do ensino médio em escolas públicas e também contemplados pela Lei nº 12.799/2013, que dispõe sobre esse benefício nos processos seletivos de ingresso em cursos das instituições federais de ensino superior.

Novas regras

Pelas novas regras, a comprovação terá de ser mais completa, com informações, no ato da inscrição, sobre o Número de Identificação Social (NIS), que permitirá uma busca automática a partir do cruzamento de dados com o Cadastro Único (CadÚnico) para programas sociais do governo federal. Quem tiver a solicitação atendida pelo Inep, não comparecer aos dois dias de prova e desejar solicitar nova isenção em 2018, terá de justificar sua ausência no sistema de inscrição. Para tanto, deverá anexar atestado médico, documento oficial judicial ou boletim de ocorrência que comprovem e justifiquem a sua abstenção.

Nova taxa de inscrição

O objetivo é combater fraudes, como o uso indevido do recurso por pessoas com renda acima da faixa de isenção. Em média, um terço dos estudantes inscritos no Enem – este ano estão sendo esperados 7,5 milhões – solicita o não pagamento da taxa, que será de R$ 82, um aumento de 20%. “Nós aplicamos as taxas do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) não inseridas em anos anteriores, o que resultou em 14% de ajuste que tivemos de fazer, além dos 6% do ano passado”, explica a presidente do Inep, Maria Inês Fini. Ela informou que cada aluno significará um custo real de R$ 92, sendo grande parte subsidiada pelo Inep e pelo MEC.

Provas do Enem 2017

As primeiras provas do Enem 2017 serão em 5 de novembro, com duração de cinco horas e meia para Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias. No dia 12 (domingo seguinte), o aluno terá quatro horas e meia para responder às questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. Um edital específico será publicado para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL), que prestarão o Enem 2017 em 12 e 13 de dezembro.

Clique aqui faça sua pergunta  e tire suas dúvidas sobre o Enem 2017

Edital Enem 2017

Fonte : http://www.mec.gov.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *