Eriberto Medeiros eleito novo presidente da Alepe.

Tempo de leitura: 3 minutos

Deputado Eriberto Medeiros eleito novo presidente da Assembléia Legislativa de Pernambuco.

Alepe elege novo presidente.
Alepe elege novo presidente.

O deputado Eriberto Medeiros (PP) foi eleito, nesta quarta (1º), presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). O parlamentar recebeu 40 votos e sucederá o deputado Guilherme Uchoa, falecido em julho, no comando do Legislativo pernambucano. Na mesma sessão preparatória, o deputado Álvaro Porto (PTB) foi escolhido quarto-secretário da Mesa Diretora, também com 40 votos.

Os dois foram empossados após a eleição e, juntamente aos demais membros da Mesa, exercerão as funções até 31 de janeiro de 2019. A disputa pela Presidência e pela Quarta Secretaria ainda contabilizou dois e três votos em branco, respectivamente, além de seis votos nulos para os dois cargos.

No primeiro pronunciamento como presidente da Assembleia, Medeiros, que exerce o terceiro mandato de deputado estadual, ressaltou a responsabilidade que é assumir o comando da Casa após a gestão de Guilherme Uchoa. “Todos sabemos da importância que ele teve como chefe do Legislativo, do carinho, do zelo e do seu comprometimento com este Poder”, salientou. O parlamentar agradeceu, ainda, ao primeiro vice-presidente, deputado Pastor Cleiton Collins (PP), pela “grandeza” em se retirar da disputa em prol de sua candidatura.

Eriberto Medeiros fez agradecimentos aos deputados das bancadas de Governo e da Oposição, aos parceiros políticos, aos funcionários da Assembleia e à família. Também afirmou seu respeito pelo Poderes Executivo e Judiciário, assinalando, porém, que “não se admitirão, em hipótese alguma, interferências externas de pessoas ou instituições no Legislativo”.

“Esta não é uma casa de unanimidades, é uma casa de maioria. E isso foi provado no resultado desta eleição. Irei fazer o possível e o impossível para não decepcionar deputados, funcionários e a população. Como bom pernambucano, não me curvo às dificuldades da vida, mas me curvo a esta Casa como forma de agradecimento por ter me elevado a este posto”, concluiu.

Álvaro Porto, por sua vez, pronunciou-se afirmando que qualquer deputado da Alepe estaria preparado para exercer qualquer cargo dentro da instituição, e agradeceu por ter sido escolhido. “Saberei honrar todos vocês por essa confiança”, expressou.

Conforme estabelece o Regimento Interno, a eleição para os cargos da Mesa Diretora foi feita por voto secreto. O deputado Edilson Silva (PSOL) também disputou a Presidência, tendo recebido um voto. Em pronunciamento na Tribuna, antes do pleito, o psolista criticou “intervenções do Poder Executivo” e defendeu um Poder Legislativo “com mais autonomia”. Silva citou o alto número de projetos governistas em regime de urgência, a baixa execução de emendas parlamentares e dificuldades para realização, na Casa, de discussões com a sociedade.

Perfil – Nascido no Recife, em 1965, José Eriberto Medeiros de Oliveira é funcionário público da Polícia Civil desde 1987. Graduou-se bacharel em Direito em 1995 e, no ano seguinte, disputou mandato de vereador do Recife, tendo ficado na primeira suplência. Em 2000, elegeu-se para a Câmara Municipal da Capital pernambucana com 6.078 votos e, nesse primeiro mandato, foi terceiro-secretário da Comissão Executiva da Câmara Municipal do Recife.

Em 2004, reelegeu-se vereador. No ano de 2006, candidatou-se a deputado estadual, conquistando o primeiro mandato na Assembleia com 24.349 votos. Reelegeu-se em 2010, com 37.230 votos, e em 2014, com 52.559. O parlamentar foi eleito por três vezes quarto-secretário da Mesa Diretora da Alepe, cargo que ocupou até renunciar em 27 de julho passado. Em abril deste ano, Medeiros trocou o PTC pelo PP, que passou a ter 13 deputados, tornando-se a maior bancada da Casa.

Entre as leis de autoria do novo presidente da Alepe estão a proibição utilização de aparelhos sonoros ou musicais no transporte público da Região Metropolitana do Recife e a obrigatoriedade de bares, restaurantes e estabelecimentos similares com capacidade igual ou superior a 70 pessoas fornecerem comanda impressa para os consumidores.

Fonte: Alepe

 

Câmara Municipal de Campina Grande vai realizar concurso público 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *