UFPE oferece 6972 vagas para 2019.

Tempo de leitura: 2 minutos

UFPE oferece 6972 vagas para 2019 vinte a mais de 2018.

UFPE vai oferecer 6972 vagas no Sisu 2019.
UFPE vai oferecer 6972 vagas no Sisu 2019.

A UFPE,Universidade Federal de Pernambuco, vai oferecer 6.972 vagas no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação (MEC) para 2019. São 20 vagas a mais do que no ano passado, destinadas para o novo curso de bacharelado em Artes Visuais, ligado ao Centro de Artes e Comunicação (CAC). Já o curso de Engenharia Eletrônica, que antes tinha 40 vagas, foi desmembrado em dois, passando a oferecer 20 vagas para Engenharia de Telecomunicações e 20 vagas para Engenharia Eletrônica. A resolução será publicada no Boletim Oficial da UFPE ainda esta semana.

Enem pré-requisito.

“Os estudantes devem ficar ligados porque o Enem é pré-requisito para todos os processos seletivos da UFPE, seja o Sisu ou sejam processos diferenciados”, explica o pró-reitor para Assuntos Acadêmicos (Proacad), Paulo Goes. O edital dos cursos com processo seletivo específico – Música (bacharelado em Canto, bacharelado em Instrumento e licenciatura), Dança (licenciatura) e Letras/Libras (licenciatura) – será lançado ainda em 2018. Já os cursos na modalidade a distância (EAD) terão entrada a partir de 2019.2.

Alteração de pesos.

É importante que os candidatos fiquem atentos aos 12 cursos que tiveram alterações nos pesos e notas mínimas: Biomedicina, Ciências Biológicas/Ênfase em Ciências Ambientais (bacharelado), Design, Educação Física (bacharelado), Engenharia da Computação, Engenharia de Produção, Física (licenciatura), História (bacharelado), História (licenciatura), Hotelaria, Pedagogia (licenciatura) e Turismo, todos do Campus Recife. Não houve alterações para os cursos do campi de Caruaru e Vitória de Santo Antão.

Bônus regional.

Outra alteração diz respeito ao bônus de argumento regional, que deixa de ser oferecido para moradores de Goiana (PE) interessados em vagas no Centro Acadêmico de Vitória (CAV). De acordo com a Lei estadual 382/2018, o município passa a fazer parte da Região Metropolitana do Recife (RMR) e não mais da mesorregião da Zona da Mata. As resoluções foram aprovadas em reunião do Conselho Coordenador de Ensino, Pesquisa e Extensão (CCEPE) da UFPE na última sexta-feira (19).

Sisu UFPE aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *