PGE-PE publica esperado edital de concurso para cargos administrativos.

Tempo de leitura: 4 minutos

PGE-PE publica edital de concurso público com 88 oportunidades.

PGE-PE libera edital de concurso público.
PGE-PE libera edital de concurso público.

A PGE-PE ,Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco, publicou nesta segunda-feira (26/11), em seu site, o edital do primeiro concurso público da instituição destinado ao preenchimento de cargos para área administrativa. Estão sendo oferecidas 88 vagas 20 para o cargo de analista judiciário de Procuradoria, 28 para o cargo de analista administrativo de Procuradoria e 40 para o cargo de assistente de Procuradoria, além de formação de cadastro reserva. As inscrições deverão ser realizadas no período entre 4 de dezembro de 2018 a 3 de janeiro de 2019 no site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), responsável pela organização e realização do concurso.

Para o cargo de analista judiciário de Procuradoria, poderão se inscrever candidatos graduados em Direito com inscrição na OAB. Já o cargo de analista administrativo de Procuradoria é subdividido em quatro especialidades: calculista (graduação em Ciências Contábeis, Economia, Administração, Engenharia, Matemática ou Estatística), engenharia (graduação em Engenharia Civil ou Arquitetura e registro no respectivo órgão fiscalizador), gestão pública (graduação em Ciências Contábeis, Economia, Administração, Direito ou Engenharia) e recursos humanos (graduação em Administração, Psicologia ou Pedagogia). A remuneração dos cargos de nível superior é de R$ 3.880,33 com jornada de 40 horas semanais.

Para o cargo de assistente de Procuradoria, é necessária conclusão do ensino médio ou de curso técnico. A remuneração é de R$ 2.263,79 para jornada de 40 horas semanais. As provas – objetivas, para todos os candidatos, e discursiva, somente para os candidatos aos cargos de nível superior – serão aplicadas nos dias 7 de abril (nível superior) e 14 de abril (nível médio), no Recife. O resultado final está previsto para ser divulgado em maio. O concurso terá validade de dois anos, prorrogável por igual período.

O procurador-geral do Estado de Pernambuco, César Caúla, lembra que a Procuradoria, em toda sua existência, contou com os préstimos de valorosos servidores cedidos por outros órgãos e instituições. “No final da gestão passada, deu-se um grande passo ao se instituir uma carreira organizada especificamente para a PGE. Agora, vamos a uma segunda etapa, que certamente resultará em aprimoramento da instituição. A autorização do governador Paulo Câmara para realizar esse concurso corresponde a mais uma demonstração do valor que o governo estadual atribui ao trabalho desenvolvido pela PGE. Esperamos que o certame ocorra com a mesma tranquilidade com que se deu o concurso para procurador do Estado recentemente concluído e que, encerrado também este cujo edital se publica gora, a PGE possa contar com mais profissionais qualificados e comprometidos com a prestação de serviço público de qualidade”, afirma César Caúla.

Serviço:

Concurso para cargos administrativos da PGE-PE
Inscrições: 4/12/2018 a 3/1/2019
Portaria e edital: www.pge.pe.gov.br/concursospgepe.aspx
Banca organizadora: Cebraspe (www.cespe.unb.br/concursos/)

 

Retificação de critérios para Analista Administrativo:

PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO DE PERNAMBUCO
CONCURSO PÚBLICO PARA O PROVIMENTO DE VAGAS E A FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL
SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO
EDITAL Nº 2 – PGE/PE, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2018
A SECRETÁRIA DE ADMINISTRAÇÃO DO ESTADO DE PERNAMBUCO E O PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE PERNAMBUCO
torna pública a retificação do requisito do cargo 3: Analista Administrativo de Procuradoria – Especialidade: Gestão Pública, constante do subitem 2.1.1.3 do Edital nº 1 – PGE/PE, de 26 de novembro de 2018, em obediência ao Decreto nº 46.798, de 30 de novembro de 2018,
bem como a retificação da alínea “c” do subitem 6.4.9.2 do referido edital, conforme a seguir especificado, permanecendo inalterados os demais itens e subitens.
[…]
2.1.1.3 CARGO 3: ANALISTA ADMINISTRATIVO DE PROCURADORIA – ESPECIALIDADE: GESTÃO PÚBLICA
REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Ciências Contábeis, Economia, Administração,Direito, Engenharia ou Gestão Pública, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.
[…]
6.4.9.2 O candidato com deficiência que necessitar de tempo adicional para a realização das provas objetivas e discursiva deverá, conforme prazo descrito no subitem 6.4.9.7 deste edital:
[…]
c) enviar, via upload, imagem do laudo médico, emitido nos últimos 12 meses, no qual deverá conter a assinatura do médico com carimbo e número de sua inscrição no Conselho Regional de Medicina (CRM), que ateste a espécie e o grau, ou nível, da deficiência,
com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença (CID), bem como a provável causa da deficiência, conforme Decreto nº 3.298/1999, e suas alterações, e parecer que justifique a necessidade de tempo adicional, conforme o
referido decreto.
[…]
MARÍLIA RAQUEL SIMÕES LINS
Secretária de Administração
ANTÔNIO CÉSAR CAÚLA REIS
Procurador-Geral do Estado de Pernambuco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *