Verão aumenta risco de acidentes por animais peçonhentos.

Tempo de leitura: 1 minuto

Acidentes com escorpião tem aumentado na Região Metropolitana do Recife.

Com a proximidade do Verão aumentam as ocorrências de incidentes com animais peçonhentos na Região Metropolitana do Recife, nos últimos anos vem aumento o número de vítimas de escorpião do tipo amarelo comum na nossa região. As principais ocorrências são crianças e idosos. Nem todo centro de saúde tem o soro que serve de medicamento que se não aplicado a tempo pode ocasionar em óbito do acidentado.

O Ceatox , Centro de Assistência Toxicológica de Pernambuco, foi criado em Pernambuco no ano 1992, no Hospital da Restauração. Atualmente, funciona no prédio da antiga sede da Secretaria Estadual de Saúde (SES), na Praça Oswaldo Cruz, S/N, no bairro da Boa Vista.

No local, há equipes atuando 24h por dia, com o atendimento sendo feito por meio do telefone 0800.722.6001. Com a descentralização da assistência, o tratamento de pacientes intoxicados pode ser feito em qualquer unidade de saúde, como PSFs, policlínicas, UPAs e hospitais. Nos casos mais graves, que precisam de soro, as referências são os hospitais regionais e, no Recife, para os casos de picada de escorpião em crianças, o HR. Todos esses encaminhamentos, são dados, via telefone, pela equipe, formada por médicos, biólogo, enfermeiros e acadêmicos.

Dispondo de protocolos específicos, o Ceatox faz o acompanhamento dos pacientes por meio de evolução clínica diária, até a alta médica. Além da assistência aos casos de intoxicações e acidentes por animais peçonhentos, o Ceatox desenvolve atividades de ensino e pesquisa através de parcerias com instituições de ensino e pesquisa, como universidades, Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães e Instituto Butantan.

Ceatox
Coordenação: Lucineide Porto
Telefone: 0800.722.6001 (tele-atendimento 24h por dia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *