Câmara Federal lança Parla, ferramenta web voltada à análise de discursos.

Tempo de leitura: 1 minuto

Parla inteligência artificial em favor da transparência.
Parla inteligência artificial em favor da transparência.


Câmara Federal lança Parla, ferramenta web voltada à análise de discursos.

A Câmara dos Deputados lança, nesta terça-feira (2), o Parla, uma ferramenta web que utiliza inteligência artificial e aprendizado de máquina para oferecer ao cidadão um retrato do que está sendo discutido na Casa: os temas mais abordados em determinado período, os deputados que mais falaram sobre cada um desses temas, assim como o conteúdo de seus discursos.

A pesquisa poderá ser feita por mês, por ano ou por legislatura, a partir da 55ª Legislatura (2015-2018). O lançamento ocorre às 16h, no Café do Salão Verde da Casa.


Parla

O Parla utiliza a frequência das palavras e expressões utilizadas nos discursos parlamentares para fazer a análise e a filtragem do conteúdo. O usuário poderá optar por um entre dois métodos de análise automatizada de discursos: o “decision tree”, que identifica qual foi o tema mais debatido dentro de um conjunto pré-estabelecido de 31 temas, e o “saco de palavras”, que mede a frequência de expressões com duas ou três palavras no discurso do parlamentar.

Também é possível utilizar filtros e separar os discursos por gênero, por estado, por partido e por fase da sessão. Esses filtros permitem ao cidadão, por exemplo, ter acesso ao que falam apenas os deputados do seu estado; comparar o que falam os parlamentares de um ou mais partidos; verificar os temas mais defendidos pela bancada feminina; e até mesmo identificar os assuntos discutidos nas Breves Comunicações, no Pequeno Expediente e no Grande Expediente, fases da sessão em que o deputado costuma debater sua própria agenda.

A análise automatizada de conteúdo vem facilitar o acesso do cidadão aos discursos e debates parlamentares, oferecendo simplificação e agilidade no processo de pesquisa.

O Parla está disponível no endereço eletrônico: parla.camara.leg.br.

Fonte: Agência Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *