TJCE abre concurso público 2019.

TJCE abre concurso público 2019.

O TJCE ,Tribunal de Justiça do Ceará, publicou o edital do concurso público para o cargo de Técnico Judiciário (Áreas Judiciária e Administrativa). As inscrições começam na próxima segunda-feira (15/07) seguem até 20 de agosto deste ano. A organizadora é Fundação Getúlio Vargas (FGV).

EMPREL Recife edital mais próximo.

EMPREL Recife edital mais próximo.

A Prefeitura do Recife publicou do diário oficial desta quarta(04.07) a retificação do termo de dispensa de licitação da organizadora do concurso da EMPREL o INSTITUTO AOCP. O Extrato do contrato já foi publicado agora resta os ajustes finais e a publicação do edital contendo número de cargos, vagas e remuneração dentre outros pontos.

PMSC abre mil vagas em concurso público 2019.

PMSC abre mil vagas em concurso público 2019.

A PMSC, Polícia Militar de Santa Catarina, publicou nesta segunda-feira, 24, o edital de concurso público para ingresso de novos soldados. As inscrições estão abertas até 22 de julho de 2019.

O concurso oferece mil vagas para soldados no Quadro de Praças da Polícia Militar (QPPM). Há 800 vagas para candidato do sexo masculino e 200 vagas para feminino.

Prevupe 2019 reabre inscrições.

Prevupe 2019 reabre inscrições.

O Prevupe, curso Pré-vestibular da Universidade de Pernambuco, reabriu as inscrições destinado aos estudantes da rede pública de ensino. Ao todo, são oferecidas 11.520 vagas para 38 municípios do Estado. As inscrições devem ser feitas no endereço eletrônico www.upenet.com.br até o dia 04 de julho de 2019.

TST decide que tempo dedicado a cursos online obrigatórios para promoção será pago como hora extra.

TST decide que tempo dedicado a cursos online obrigatórios para promoção será pago como hora extra.

A Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho deferiu a uma bancária de Caldas Novas (GO) o pagamento, como extras, das horas dedicadas à realização de cursos pela internet durante os cinco anos em que trabalhou para o Banco Bradesco S.A. Conforme o entendimento do colegiado, os cursos serviam de critério de promoção na carreira e, por isso, o tempo despendido foi considerado à disposição do empregador.